DynamoDB

DynamoDB é um serviço de banco de
dados NoSQL totalmente gerenciado fornecido pela Amazon Web Services
(AWS). Ele é projetado para ser altamente escalável, de alto desempenho e
oferecer baixa latência em operações de leitura e gravação. O DynamoDB é
baseado no modelo de chave-valor, onde os dados são armazenados em
tabelas e cada item é identificado por uma chave única. Ele fornece
recursos como replicação síncrona e assíncrona para alta disponibilidade
e durabilidade dos dados, além de oferecer escalabilidade automática
para lidar com cargas de trabalho em crescimento. O DynamoDB também
oferece recursos flexíveis de indexação, consultas rápidas e suporte
para transações atômicas. É amplamente utilizado em aplicativos da web,
móveis e de IoT, onde a escalabilidade horizontal e a capacidade de
lidar com grandes volumes de dados em tempo real são essenciais.

Como monitorar DynamoDB na One Platform

Para configurar um monitoramento
de DynamoDB na plataforma, vá até a aplicação do produto em que deseja
adicionar o bando de dados como dependência. Clique no menu produtos,
clique no card do produto desejado e, depois, clique no nome da
aplicação desejada.

Em External Dependencies,
localizado logo abaixo do gráfico de latência, você pode adicionar ou
buscar uma dependência já cadastrada. Para procurar uma dependência,
digite o nome da mesma no campo de busca. Já para adicionar uma nova,
clique no botão verde com um símbolo de mais (+). 

 

 

Ao clicar em adicionar, um modal
irá aparecer. Nele você irá nomear o banco de dados e escolher o
Enviroment. No campo do Check type, escolha a opção DB e no Method,
escolha DynamoDB. Após escolher o método, um campo para Healthcheck URL
aparecerá.

 

 

Confira abaixo o exemplo de string para DynamoDB:

ex1: ACCESS_KEY:SECRET_ACCESS_KEY/AWS-REGION@tableName

ex2: ACCESS_KEY:SECRET_ACCESS_KEY/AWS-REGION@tableName:primaryKey:valueItem

 

Obs.: Por motivos de segurança, não é permitido inserir um IP no
campo de healthcheck. Para monitorar um IP, é necessário inserí-lo em
uma secret e usá-la no healthcheck

DynamoDB é um serviço de banco de
dados NoSQL totalmente gerenciado fornecido pela Amazon Web Services
(AWS). Ele é projetado para ser altamente escalável, de alto desempenho e
oferecer baixa latência em operações de leitura e gravação. O DynamoDB é
baseado no modelo de chave-valor, onde os dados são armazenados em
tabelas e cada item é identificado por uma chave única. Ele fornece
recursos como replicação síncrona e assíncrona para alta disponibilidade
e durabilidade dos dados, além de oferecer escalabilidade automática
para lidar com cargas de trabalho em crescimento. O DynamoDB também
oferece recursos flexíveis de indexação, consultas rápidas e suporte
para transações atômicas. É amplamente utilizado em aplicativos da web,
móveis e de IoT, onde a escalabilidade horizontal e a capacidade de
lidar com grandes volumes de dados em tempo real são essenciais.

Como monitorar DynamoDB na One Platform

Para configurar um monitoramento
de DynamoDB na plataforma, vá até a aplicação do produto em que deseja
adicionar o bando de dados como dependência. Clique no menu produtos,
clique no card do produto desejado e, depois, clique no nome da
aplicação desejada.

Em External Dependencies,
localizado logo abaixo do gráfico de latência, você pode adicionar ou
buscar uma dependência já cadastrada. Para procurar uma dependência,
digite o nome da mesma no campo de busca. Já para adicionar uma nova,
clique no botão verde com um símbolo de mais (+). 

 

 

Ao clicar em adicionar, um modal
irá aparecer. Nele você irá nomear o banco de dados e escolher o
Enviroment. No campo do Check type, escolha a opção DB e no Method,
escolha DynamoDB. Após escolher o método, um campo para Healthcheck URL
aparecerá.

 

 

Confira abaixo o exemplo de string para DynamoDB:

ex1: ACCESS_KEY:SECRET_ACCESS_KEY/AWS-REGION@tableName

ex2: ACCESS_KEY:SECRET_ACCESS_KEY/AWS-REGION@tableName:primaryKey:valueItem

 

Obs.: Por motivos de segurança, não é permitido inserir um IP no
campo de healthcheck. Para monitorar um IP, é necessário inserí-lo em
uma secret e usá-la no healthcheck